Brasileiro contemporâneo



Torna-se homem depois da escola
Ao menos antes. Agora vira mané
Na cabeça botava cartola
Hoje em dia somente boné