O Mar e a Jazida


On the rocks, by Sican

Feito de mar, minhas ondas quebram em ti
Feita de pedra, fica no lugar onde bati
Te modelo em formas que gosto de admirar
E tu ficas aí, imóvel, sexy sem ser vulgar

Te trago presentes do meu profundo oceano
Para em ti tocar e me mostrar um grande dano
Algo verde irradia de ti se não me engano
Não te amo mais, pois eu mesmo fui profano

Mas algo grave aconteceu, foi insano!
Roubaram-te de mim, foi um humano
Ele te quebrou com aquela tal de picareta
E te botou a bolos para dentro da maleta

Agora inundo a todos com minha fúria
Eu me sinto só, junto da minha lamúria
Eles te querem para fazer tal respalda
Sinto tua falta, minha querida esmeralda