Meta


O colírio dos meus olhos
São os livros na estante
Mais do que tua beleza,
É teu cérebro pensante

Casarei com tua mente
Pulsarei teu coração
Em um gesto comumente
Nossas almas se unirão

Acontece, de repente
Um conflito de emoção
O mais forte da vertente
É quem usa a razão