À mim

Autor da ilustração desconhecido

Eu escrevo a mim mesmo
Pois a mim não compreendo
E a mim que a escrita faz conhecer
Então cabe a mim, escrever ainda mais
Pois é dever meu conhecer a mim
E não julgar quem a mim julga
Porque àqueles que a mim julgam
Hão de conhecer a mim também