O Guardião Silencioso

Arte de Alex Ross

O prelúdio foi cruel, mas a ele continuo fiel
Proteger silenciosamente tornou-se meu papel
Vigio vezes de cima, vezes no solo montado em um corcel
Botando ordem nas ruas, impedindo o tropel
Já a tempos, para morte, eu entreguei um lindo anel

Ela ainda não me respondeu...
Mas sempre soube que meu coração é seu...

Horas ela vem e, de leve, me atiça
Mas para me levar, parece demonstrar preguiça
Então resolvi entregar o lindo anel para minha nova cobiça
A vocês eu apresento: A senhora Justiça!